Amazon: guia completo

  • Abril de 2021
Amazon: guia completo

Amazon: guia completo

A Amazon é uma empresa multinacional fundada em 1994 por Jeff Bezos em sua garagem em Washington nos Estados Unidos da América quando a internet ainda não era tão difundida.


Ao longo dos anos, com a globalização e surgimento de novas tecnologias, o ambiente comercial tem passado por inúmeras mudanças, o que abriu espaço para o surgimento de novas formas de negociar serviços e produtos, fazendo com que o mundo dos negócios fizesse parte do digital.

Por meio das plataformas de divulgação, vendas e comunicação, surgiu o e-commerce(Comércio Eletrônico), oferecendo a possibilidade de compra e venda através da internet.

O e-commerce foi uma revolução na forma de comprar pela internet em todo o mundo, além de aproximar as lojas dos seus fornecedores, o que proporciona um fluxo mais eficiente no funcionamento e logística destas empresas.

Este artigo aborda:

O que é a Amazon?

É nesse cenário que surgiu a Amazon, uma empresa multinacional americana de tecnologia com sede em Seattle, em Washington nos Estados Unidos da América.

Fundada em 1994 por Jeff Bezos, a empresa é especializada em e-commerce, computação em nuvem, streaming e inteligência artificial.

A Amazon é uma das cinco empresas líderes de tecnologia do mercado, acompanhando a Google, Apple, Microsoft e Facebook.

História da Amazon

Como todos os negócios de sucesso, a Amazon surgiu pequena, mas com grandes possibilidades de expansão.

Após fazer uma pesquisa para a D. E. Shaw & Co, empresa multinacional de gestão de investimentos, Jeff Bezos, onde na época era o quarto vice-presidente sênior da empresa, descobriu que a utilização da internet aumentava cerca de 2.300% ao ano, o que o fez notar a oportunidade de abrir um negócio online.

O jovem entusiasta, então, escreveu o plano de negócios e fez contato com possíveis investidores para dar início ao promissor sonho de uma loja virtual.

A ideia inicial foi abrir uma loja online que vendesse apenas livros, afinal, livros são fáceis de vender devido ao baixo custo unitário, além da facilidade da estocagem, o que facilitaria a competição com as lojas de varejo físicas do mercado estado-unidense.

Bezos convenceu seus pais a investir cerca de US$245.000 em sua ideia e levantou outros US$750.000 de outros investidores.

Porém, quando o site de varejo online foi criado, possuía um nome e aparência diferentes de hoje em dia.

Com o nome de Cadabra, soou erroneamente como “cadáver” para um advogado que ouviu o nome pela primeira vez, o que gerou uma repercussão negativa, fazendo com que Jeff Bezos optasse por alterar o nome.

No dicionário, ele deu de cara com o nome Amazon, que em inglês faz referência ao Rio Amazonas.

O termo, segundo Bezos, remetia a algo “exótico e diferente”, que era a forma como ele enxergava a sua futura empresa.

Outro fator importante no mundo pré-Google, era iniciar o nome da marca com a letra ‘A’, já que as companhias eram listadas nos sites de busca em ordem alfabética.

Após permanecer investindo pesado mesmo em meio a queima de caixa, Bezos via isso como uma parcela da estratégia de formar uma gigante mundial, e para isso o dinheiro viria de empréstimos e novos investidores.

Com esta postura, a Amazon abriu as portas para a venda de ações para o público, em maio de 1997.

Um ano após a abertura, a empresa começou a atingir seu plano de expandir o império para além dos livros, passando a vender CDs e filmes.

Em 1999, com o programa de afiliados, mais de 350 mil blogs parceiros passaram a processar suas vendas pela Amazon, quando a mesma expandiu as operações para acolher todo tipo de produto.

Em 2002, a Amazon deixou de ser apenas uma varejista online, passando a ser uma empresa de tecnologia com o lançamento da Amazon Web Services (AWS).

Nesse âmbito, a companhia se tornou uma das principais provedoras de armazenamento virtual, captando clientes como a Netflix e a Nasa, disputando contratos multibilionários com a Microsoft.

Em 2007, com a criação de um leitor de livros digital, o Kindle, a Amazon abriu passagem para uma nova revolução na indústria literária.

Com o aplicativo instalado em um aparelho eletrônico, o amante dos livros pode carregar consigo diversas obras literárias para onde quiser.

Até os dias de hoje, o equipamento é um campeão de vendas e está na sua 10ª geração.

Quais são as áreas de atuação da Amazon?

A Amazon começou como uma livraria virtual e hoje é a maior loja online do mundo.

Mas, não é só isso, a Amazon deve continuar a se expandir, como se expandiu para:

Serviços Web

A Amazon Web Services (AWS) é uma das empresas da Amazon que fornece plataformas de computação em nuvem sob demanda e APIs para governos, empresas e indivíduos.

Esses serviços incluem muitas infraestruturas técnicas, ferramentas e componentes usados ​​para distribuir aplicativos de computador aos desenvolvedores.

Tecnologia

Alexa e Kindle são dois dos exemplos mais famosos de tecnologias desenvolvidas pela Amazon, usadas para criar dispositivos eletrônicos e técnicos muito úteis na vida cotidiana.

Kindle

Amazon Kindles é um dispositivo para leitura de livros virtuais publicados pela Amazon, esses dispositivos permitem que você se conecte à Internet e à Kindle Store da Amazon, onde você pode baixar e comprar vários formatos de mídia digital.

Trata-se de uma tela que imita a aparência de papel ou tinta de impressão para facilitar a leitura.

Echo, Alexa e Amazon Lex

Echo é uma marca de alto-falante inteligente desenvolvida pela Amazon, eles são considerados inteligentes porque têm um assistente de voz virtual, a Alexa.

O assistente virtual realiza várias funções, tais como:

  • Reprodução de multimídia, notas e lembretes;
  • Alertas;
  • Responder perguntas;
  • Etc.

Uma das tecnologias que compõem a Alexa é a Amazon Lex, tecnologia que faz parte da AWS, uma ferramenta usada para criar interfaces de voz e texto, ele permite que a Alexa compreenda, reconheça e responda às vozes e interações humanas.

A Amazon Lex disponibiliza o serviço de inteligência e aprendizagem para desenvolvedores que desejam criar chatbots, inteligência artificial e outros sistemas que visam otimizar o desempenho e automação de tarefas cotidianas.

A Amazon desenvolveu diversas tecnologias para impulsionar o mercado atual de tecnologia da informação e é responsável por fornecer serviços em nuvem para milhares de empresas.

Alimentação

A Amazon não vende apenas mercadorias e eletrônicos, em 2017, a empresa anunciou o lançamento do Amazon Fresh para assinantes do Amazon Prime.

Um serviço de venda de alimentos perecíveis e não perecíveis que podem ser adquiridos online, operando atualmente nas principais cidades dos Estados Unidos, Berlim, Hamburgo, Londres, Munique, Tóquio, Cingapura e Índia.

Quais são os produtos e serviços da Amazon?

A Amazon vende uma variedade de produtos, incluindo brinquedos, eletrônicos, roupas e acessórios.

O maior e-commerce do mundo investe em diversos projetos em diferentes áreas, inclusive fora da internet.

O Amazon GO, por exemplo, é um supermercado inteligente onde não existem atendentes, caixas ou filas de atendimento.

Existem outros serviços exclusivos e inovadores, por exemplo:

  • Amazon Key (entrega sem ninguém em casa);
  • Amazon Key-in-car (entrega dentro do porta-malas dos veículos, para algumas marcas de carro);
  • Amazon Hub (armários próprios em prédios particulares e residenciais);
  • Amazon Locker (armários no interior das lojas da Amazon exclusivos para a empresa e seus clientes);
  • Wag (produtos para pets);
  • Prime Air (entrega por drones, sendo a pioneira neste tipo de serviço);
  • Amazon Coin (moeda virtual);
  • Instant Pickup (entrega rápida de produtos considerados de pronta-entrega, como alimentos, bebidas, artigos de higiene pessoal e acessórios para celular);
  • Web Services (blockchains próprias para o desenvolvimento de aplicativos de código aberto).

Como criar uma conta na Amazon?

Não precisa se registrar para navegar na Amazon, no entanto, se desejar comprar ou vender itens, ou criar um perfil, criar uma lista de desejos e receber recomendações personalizadas, é necessário criar uma conta.

Além desses recursos o site também conta com a opção de cupom de desconto Amazon para ser usado antes de efetuar a compra.

Para se registar leva menos de um minuto:

  1. Visite o site amazon.com.br;
  2. No canto superior direito da tela, passe o mouse sobre “Minha conta”, um menu suspenso irá surgir;
  3. Clique na opção “Comece Aqui”.

Conclusão

Uma das maiores empresas da internet com negócios de comércio eletrônico de causar inveja, cresceu por que atendem às necessidades dos seus clientes.

Originada de uma ideia promissora de um jovem entusiasta, a Amazon mudou completamente a forma como comercializamos produtos e serviços no ambiente digital.

A empresa começou a vender livros pela internet e hoje vende milhões de produtos toda semana, representando mais de 43% do comércio eletrônico nos Estados Unidos.

Velocidade e inovação são compromissos que contribuíram com a construção de uma percepção organizacional onde o cliente é o foco, com tudo isso, a Amazon é hoje uma das empresas de maior valor no mundo.

  • Compartilhe
Lucas Ferraz

Lucas Ferraz

Especialista em SEO, aumento de tráfego e geração leads.
Mais de 310 campanhas no portfólio.
Certificado pela Blue Array Academy e pela SEMRush.

Outros artigos