Por que vender online?

Hoje em dia, estamos vivendo numa época em que praticamente todas as pessoas estão conectadas. E isso, de certa forma, tem aberto muitas oportunidades para aqueles que empreendem no espaço digital. Mas você sabe por que vender online?

Afinal de contas, devido ao fato de o espaço digital já estar sendo explorado há um tempo, isso não quer dizer que ele já está saturado? Será mesmo que há espaço para aqueles que estão começando? Ou, por que vender online oferece tantas vantagens?

Em quanto tempo é possível observar os benefícios de vender online? Dúvidas como essas são bem comuns, ainda mais para aqueles que estão adentrando nesse tipo de negócio há pouco tempo. No entanto, obter clareza acerca dessas questões é essencial.

Afinal de contas, essa é até uma forma de fazer com que você se sinta mais seguro sobre o porquê vender online. Então, para entender todos os motivos, é só continuar nesse artigo. Sem mais delongas, vamos ao que importa!

O que este artigo aborda:

O que é vender online?

Essa é uma questão da qual é interessante mencionar, uma vez que há aqueles que acreditam que vender online é apenas àquelas que se referem a compras via e-commerce, por exemplo, mas não é bem assim. Afinal, o conceito é mais amplo.

Por que vender online?

As vendas online não se configuram apenas por aquelas em que você envia o produto para um outro estado. Às vezes, se faz uma venda online para uma pessoa que mora na mesma cidade em que a sua loja se situa, por exemplo.

Vender online nada mais é do que uma técnica, onde o intuito é atrair as pessoas certas e convertê-las em clientes. E isso pode acontecer com qualquer pessoa, literalmente. Desde alguém que more em outro país ou que resida na sua mesma cidade.

Se a forma com que a pessoa comprou o seu produto foi por vias digitais, podemos configurar sim como sendo uma venda digital. E vale ainda salientar que o leque de possibilidades para fazer esse tipo de venda é bem extensa.

Inclusive, esse já é um dos motivos do porquê vender online, pois as suas chances de encontrar pessoas que se interessam pelo seu produto são ainda maiores. Você pode sim investir em um e-commerce, mas não é a única opção.

É possível fazer as suas vendas por algum Marketplace ou ainda se utilizar de outras ferramentas que facilitam esse processo, como é o caso do Mercado Livre, OLX, Shopee ou Enjoei, por exemplo. Assim, as chances de sucesso aumentam de forma considerável.

Por que vender online?

Sabe por que vender online? Porque, de acordo com os dados, o e-commerce brasileiro cresceu mais de 73% só em 2020, o que configurou um faturamento de R$41,92 bilhões. Isso, por si só, já é um grande incentivo para investir nesse negócio, mas não é só isso.

De acordo com dados fornecidos pela ABERJE, 97% das pessoas fazem alguma pesquisa online antes mesmo de fazer uma compra. E, aqui, uma pergunta: se o seu cliente pesquisar pelo seu produto, ele vai lhe encontrar?

Não há como negar que a internet é uma forma de alcançar pessoas de qualquer distância, e esse é um dos motivos do porque vender online. Além do mais, devido a pandemia, a tendência é que esse mercado cresça ainda mais.

Afinal de contas, devido às restrições de isolamento social, muitas pessoas se viram na obrigação de fazer suas compras por meios digitais. Por consequência, aqueles que ainda tinham certo receio quanto a essas questões, tiveram que se aventurar.

Então, seguindo as expectativas, tudo indica que esse mercado ainda tem muito o que conquistar. Isso quer dizer que, diferente do que muitos acham, esse mercado não está nem um pouco saturado, sendo esse um outro porquê vender online.

O Brasil ainda é um dos países que mais empreende no mundo, a internet deixou esse espaço mais democrático, haja vista que, de um certo ponto de vista, o meio digital é mais meritocrático, uma vez que se compete com mais igualdade.

Na internet, marcas menores podem concorrer com aquelas que já estão bem estruturadas no mercado ou ao menos conquistar seu espaço. Mas, se você ainda quer saber por que vender online, confira alguns motivos abaixo:

A maior parte do público está no digital

Segundo o estudo Digital 2020, estima-se que o Brasil tem 71% da população conectada à internet, o que equivale a pouco mais de 150 milhões de pessoas. Ou seja, vender online é uma das formas de criar um funil de vendas digital que lhe oferte maiores conversões.

E, como já dito, o brasileiro tem o costume de pesquisar por produtos online antes de consumar uma compra. De acordo com a pesquisa, 89% dos brasileiros entre 16 e 64 anos é que tem esse costume.

O consumidor exige praticidade

Hoje em dia, todo mundo preza por praticidade, e a internet é praticamente sinônimo dessa comodidade. A pesquisa Webshoppers 40 destaca que, só no primeiro semestre de 2019, mais de 5 milhões de pessoas fizeram compras em algum e-commerce pela primeira vez.

E, em março de 2020 - primeiro mês de isolamento social -, as vendas online das pequenas e médias empresas aumentaram 140%, de acordo com a Nuvemshop. Ou seja, outro porquê vender online.

Maior alcance geográfico

Não há como deixar de falar que as vendas pela internet têm um potencial muito maior. Afinal de contas, as chances de encontrar pessoas de outras regiões que estão interessadas no seu produto é muito maior.

Dessa forma, você passa a ser capaz de vender não apenas para os que são da sua região, mas sim para todo o Brasil e mundo.

Simplicidade

É simples tanto para o vendedor quanto para quem compra. Para quem vende, é possível acompanhar o número de vendas mais de perto, além de ter a certeza de que os resultados serão os mais fiéis à realidade.

E, ao ter acesso aos dados da empresa, você consegue otimizar as suas campanhas e táticas de marketing e de vendas. Assim, gera melhores resultados e maior ROI, o que reduz os custos de aquisição do cliente.

Mais segurança

Outro porquê vender online diz respeito ao fato de ser muito mais seguro. Primeiro porque você não precisa se expor na rua até altas horas. Mas, além disso, como as transações serão feitas por meios digitais, não será necessário lidar com dinheiro em espécie.

E, por fim, as encomendas serão enviadas por Correios ou alguma outra transportadora, o que isenta a necessidade de ter contato com alguém desconhecido, por exemplo.

KPIs mais precisas

Key Performance Indicators (KPIs) nada mais são do que indicadores-chave de performance. Ou seja, através deles, você consegue avaliar em tempo real como as pessoas interagem com as estratégias que você traçou no plano de marketing.

Dessa forma, é possível avaliar o que está dando certo ou o que é necessário, a fim de obter os resultados que deseja. São resultados com alta precisão, o que lhe deixa à par de tudo aquilo do que você necessita, seja em relação as suas promoções, anúncios ou postagens nas redes sociais.

Análise mais detalhada da concorrência

Analisar a concorrência é uma prática que deve acontecer em qualquer tipo de comércio, seja ele físico ou online. No entanto, aqueles que atuam em meio digital tem uma ligeira vantagem. Afinal de contas, há inúmeras ferramentas que podem lhe auxiliar nesse processo.

Com algumas delas, é possível averiguar o que outras marcas, do seu nicho, estão fazendo em seus sites ou mesmo em suas redes sociais. Dessa forma, você consegue avaliar quais estratégias estão dando certo e se posicionar no mercado.

Melhor experiência para os usuários

Através da sua loja virtual, é possível criar uma experiência de acordo com cada experiência, o que aumenta a sua taxa de conversão. Por meio de aplicativos, torna-se possível averiguar a preferência da pessoa que está acessando seu site.

E, a partir daí, é só exibir uma vitrine de acordo com os gostos dela, com aquilo que ela mais se identifica e lhe interessa.

Flexibilização de horários

Outro porquê vender online se refere ao fato de que você vai ter muito mais flexibilidade no seu trabalho. Afinal de contas, além de ser o seu próprio chefe, é possível fazer as suas tarefas no horário que preferir e de onde estiver. Até mesmo dentro da sua casa.

E, por mais que você não esteja efetivamente trabalhando, a sua loja vai ficar à disposição todo o tempo - 24 horas por dia, sete dias por semana. Ou seja, a sua loja não precisa respeitar o horário comercial, fazendo com que seja possível comprar a qualquer horário.

Canais de atendimentos mais eficientes

A partir do momento que você estrutura o seu site de vendas, é possível manter os canais de atendimento mais eficientes e simples. E isso acontece porque, no próprio site, é possível disponibilizar um chat online.

Dessa forma, qualquer dúvida que o seu cliente tenha, basta acionar o chat, o que deixa a experiência muito mais dinâmica e reduz as chances de evitar efetuar uma compra por falta de suporte na hora em que ele precisa.

Fora isso, existe a possibilidade de disponibilizar as redes sociais da sua marca como outro canal para que potenciais compradores tirem dúvidas.

Lucas Ferraz

Lucas Ferraz

Especialista em SEO, aumento de tráfego e geração leads com mais de 310 campanhas no portfólio. Certificado pela Blue Array Academy e pela SEMRush.

Outros artigos