Como divulgar um jogo

O setor de games cresce a passos largos – espera-se que movimente mais de 200 bilhões de dólares até 2023. Diversos títulos são lançados todos os anos, dos mais variados gêneros e disponíveis em todas as plataformas que se possa imaginar, fato é que os gamers de hoje não estão nada carentes de escolhas, há títulos para todos os gostos e bolsos por aí.

Não importa se a sua empresa desenvolve jogos para todos os consoles, jogos modelo free-to-play, jogos multiplayer ou para um único jogador, jogos de navegador ou para celulares e outros dispositivos móveis, existe um mercado com potencial enorme a ser explorado aí, e a concorrência é ferrenha, para dizer o mínimo. Se pararmos para pensar no Brasil, somos o maior mercado de games da América Latina, com um faturamento de 11 bilhões de reais registrado em 2021, de acordo com informações da consultoria especializada Newzoo.

O que este artigo aborda:

Setor está em franca expansão

De acordo com informações da Pesquisa Games Brasil, realizada anualmente, o público gamer no país aumento no último ano: 74,5% dos brasileiros jogou algo em 2022, um crescimento de 2,5% em relação a 2021. Cabe ressaltar que essa é a maior marca já registrada pela pesquisa no decorrer dos nove anos em que foi realizada.

A pesquisa revela outro dado interessante para compreender o mercado: cada vez mais gente vem considerando jogos eletrônicos como sua fonte principal de entretenimento. Entre os gamers que participaram da pesquisa, 76,5% afirmam ser este o papel desempenhado pelos games em suas vidas, e por falar em gamer, é preciso também entender quem é este indivíduo – nota-se equilíbrio na divisão das faixas etárias contempladas pela pesquisa, que cobre de 16 até 50 anos (ou mais) de idade, notando-se ainda que a presença maciça de ambos os gêneros jogando tanto em smartphones quanto celulares ou consoles. Trocando em miúdos: o mercado é enorme e há espaço para todos, basta saber quem é o seu público-alvo.

Marketing: mais importante do que você imagina

Campanhas de marketing bem-sucedidas podem afetar grandemente o sucesso de uma empresa de games e os títulos desenvolvidos ou lançados por ela. Muitas vezes, o marketing é jogado para escanteio em vez de ser priorizado ao longo de todo o ciclo de desenvolvimento – é necessário ter um plano que delineie as ações ao longo de todo o período de uma campanha, independente desta durar uma semana, mês ou ano. É neste plano que você traçará objetivos e como alcançá-los, construindo um público fiel e interessado junto à marca, assim como lhe ajudará a popularizar seu produto em meio ao mar de lançamentos que temos atualmente.

Como divulgar um jogo

Há, claro, princípios gerais de marketing que podem ser aplicados ao mercado de games, mas destacamos os seguintes: consistência e confiabilidade, adotar uma postura sincera, gerar conteúdo de alto valor e qualidade, manter suas promessas (ninguém gosta de atrasos ou adiamentos, e o público gamer costuma lidar bem mal com isso). A comunicação entre os setores dentro da empresa também é essencial: o marketing precisa estar alinhado com a parte técnica responsável pelos jogos de forma que a comunicação realizada pela empresa seja o mais transparente possível.

Uma boa estratégia de marketing para games deve considerar o digital – trata-se um dos meios mais eficientes para atingir o seu público-alvo, naturalmente interessado em tecnologia e novidades, sendo assim, um público que vive o online, seja pela presença nas redes sociais ou apenas consumindo conteúdo em plataformas como YouTube e Twitch, o que nos leva a um ponto extremamente relevante dentro da cultura gamer atual: o papel de influenciadores digitais em campanhas de marketing. Com audiência cativa e fiel, escolher o influenciador ideal para firmar uma parceria pode ser um grande passo rumo ao sucesso de sua campanha.

Há todo um ecossistema online que pode ser utilizado a favor do marketing de seu jogo, além dos influenciadores, temos os veículos jornalísticos, temos plataformas como o YouTube (onde podem-se veicular anúncios de jogos dentro de um canal relacionado ao seu público-alvo), o uso de blogs alimentados pela própria equipe responsável pelo jogo dentro de seu site, criando assim uma relação de proximidade entre público e empresa, especialmente se a comunicação for realizada de maneira transparente para com o público, como mencionado anteriormente. Um blog pode discutir novidades por trás do desenvolvimento de um jogo, o dia a dia do seu estúdio ou curiosidades ligadas aos títulos que vem sendo criados, por exemplo, focando em uma linguagem criativa e informativa sempre.

É claro que cada jogo e cada empresa tem sua própria forma de lidar com o marketing – há certas abordagens que podem dar mais certo com um gênero de jogo ou outro, considerando o público visado. Há muitas variáveis a serem consideradas no desenvolvimento de games e no marketing destes games, mas ao seguir algumas das dicas aqui apresentadas, em linhas gerais, já temos um bom ponto de partida e basta prestar atenção à reação do público para saber se você está no caminho certo. Mas lembre-se sempre de manter a relação entre o público e a sua empresa a mais transparente possível, é assim que confiarão em você e o que você tem a dizer.

Lucas Ferraz

Lucas Ferraz

Especialista em SEO, aumento de tráfego e geração leads com mais de 310 campanhas no portfólio. Certificado pela Blue Array Academy e pela SEMRush.

Outros artigos