Marketing para área da saúde: guia atualizado

Marketing para área da saúde: guia atualizado

  • Maio de 2021
  • Lucas Ferraz
Marketing para área da saúde: guia atualizado

Marketing para área da saúde: guia atualizado

O marketing para área da saúde possui algumas regras e restrições, mesmo assim, se bem aplicado, possibilita conseguir novos pacientes e fidelizar os antigos. Entenda sobre as estratégias de marketing para área da saúde e obtenha resultados excelentes.


As estratégias de marketing para saúde geralmente são aplicadas para consultórios, clínicas, hospitais, farmácias, seguradoras, fornecedores e outras empresas da área da saúde.

De modo geral, o marketing digital para área da saúde tem por objetivo aumentar a visibilidade da marca e dos benefícios que os serviços e produtos proporcionam.

Muitas empresas da área da saúde ainda buscam o marketing tradicional para realizar o marketing, seja em eventos, congressos, jornais, outdoors, rádio e TV, mas, algumas destas empresas estão descobrindo que aparecer na internet tem dado mais resultado.

Afinal, nada melhor que aparecer para um paciente em potencial quando ele busca por um serviço ou produto que você oferece.

Este artigo aborda:

O que é o marketing para área da saúde?

O marketing digital para área da saúde consiste em aumentar a visibilidade de consultórios, clínicas, hospitais, farmácias, seguradoras, fornecedores e outras empresas do segmento da saúde.

De modo geral, o objetivo é fazer com que a empresa apareça para os clientes e pacientes quando eles buscarem pelos serviços ou produtos da instituição.

Como funciona o marketing digital para área de saúde?

O marketing digital para área da saúde pode ser feito em diversos tipos de estratégias, conheça cada uma delas.

Site institucional

Ao criar um site para sua clínica, consultório ou hospital, suas informações de endereço, contato, serviços e produtos ficam disponíveis ao público a qualquer momento.

Redes sociais

Ter um perfil comercial nas redes sociais é fundamental para atrair, nutrir e engajar seu público, fazendo com que a sua marca seja fortalecida no mercado.

SEO (otimização de sites)

Executar uma campanha de SEO possibilita que seu site apareça nas primeiras posições do Google para os termos trabalhados, o que aumenta o tráfego qualificado, gerando novos leads.

Youtube

O Youtube é uma plataforma que serve para atrair e engajar o público, aumentando a visibilidade da marca, semelhante às estratégias de redes sociais.

Tráfego pago

O tráfego pago visa aumentar a visibilidade da marca a curto prazo a partir de anúncios veiculados em sites, redes sociais e mecanismos de buscas.

Quais os cuidados necessários no marketing para área da saúde?

Ao criar um planejamento de marketing para área da saúde é necessário respeitar as características citadas no Código de Ética de cada profissão.

Além disto, o marketing médico deve respeitar o Manual de Publicidade Médica de 2015 considerando a Resolução 1974-2011.

Assim como o marketing odontológico deve seguir o Código de Ética da Odontologia.

De modo geral, confira as principais restrições para o marketing digital para área da saúde.

  1. Usar imagens de pacientes sem autorização;
  2. Denegrir outros profissionais;
  3. Divulgar que utiliza os melhores, mais modernos ou mais recentes equipamentos do mercado;
  4. Prometer resultados;
  5. Anunciar técnicas sem comprovação científica;
  6. Cobrar por entrevistas e participação em programas de rádio, TV ou internet;
  7. Todas as publicações e ações publicitárias devem exibir o número de registro da classe e especialidade profissional;
  8. Divulgar preços e formas de pagamento;
  9. Realizar sensacionalismo, propaganda exagerada ou alterar dados para benefício próprio.

Como fazer marketing digital para área de saúde?

Para fazer o marketing para empresas de saúde, é necessário entender o comportamento do público e suas necessidades.

Passo 1: considere o código de ética da sua área de atuação

Antes de escolher uma estratégia de marketing digital para área da saúde, leia e entenda o código de ética da sua área de atuação.

Passo 2: conheça sua persona

Para que o marketing da sua clínica médica ou consultório atraia novos pacientes é necessário entender os interesses da persona.

Para isso, considere:

  • Quem são seus pacientes?
  • Qual a faixa etária dos seus pacientes?
  • Qual a renda dos seus pacientes?
  • Quais as profissões dos seus pacientes?
  • Quais as formas de pagamento usadas pela sua persona?
  • Porque sua persona deve escolher a sua empresa?

Passo 3: crie um site

Crie um site pensando nos interesses e comportamentos da sua persona, deste modo, considere:

  • Criar um site rápido, ou seja, que carregue totalmente em menos de 3 segundos;
  • Criar um site com boa usabilidade e fácil navegação;
  • Criar um site com a identidade visual padronizada;
  • Criar um site preparado para SEO.

Passo 4: gere conteúdos relevantes

Ter um blog com conteúdos relevantes acoplado ao seu site aumenta a visibilidade da sua marca e passa credibilidade para o seu público, afinal, sua empresa está mostrando que entende do assunto.

Essa estratégia é chamada de marketing de conteúdo para aumentar a descoberta e a confiança da sua marca.

Passo 5: diversifique seus canais de aquisição

Existem diversas formas de adquirir tráfego qualificado para o seu site, portanto, tente usar o máximo de canais possíveis com campanhas interligadas para potencializar o resultado.

Conclusão

O marketing digital para clínicas, consultórios, hospitais e outras empresas da área da saúde é um meio significativo de atrair e fidelizar pacientes.

Os resultados do marketing para área da saúde são atrativos mesmo com as restrições impostas pelo código de ética de cada área de atuação.

  • Compartilhe
Lucas Ferraz

Lucas Ferraz

Especialista em SEO, aumento de tráfego e geração leads.
Certificado pela Blue Array Academy e pela SEMRush.

Outros artigos