SEO para jornalistas

É correto afirmar que, hoje em dia, a busca orgânica é essencial para todos os sites. Mas o SEO para jornalistas é primordial! Pois pode ser a balança entre o sucesso e o fracasso do profissional, bem como de seu portal.

Por isso, hoje traremos um guia definitivo a respeito do tema. Pontuando informações sobre as vantagens do SEO, como aumentar a monetização e a visibilidade, dentre outros. Se ficou curioso e quer entender melhor sobre o tema, continue com a gente!

O que este artigo aborda:

O que é SEO?

Antes de analisarmos o SEO para jornalistas, precisamos entender o que é o famoso Search Engine Optimization. De um modo geral, é uma junção de técnicas que ajuda seu site a aparecer, de forma orgânica, nos mecanismos de busca. Ao mesmo tempo que gera um número considerável de visitas.

Mas chegar lá exige trabalho árduo. Pois, dia após dia, surgem novos sites concorrentes, bem como, exigências e atualizações desses 'robôs'. E é preciso ter paciência, pois tal sucesso não virá da noite para o dia. Para que o SEO funcione de maneira eficaz, deve ficar atento aos seguintes itens:

  • Palavra chave (de causa curta e longa);
  • Meta descrição (onde a palavra chave estará inserida);
  • Tag Alt (referente às imagens);
  • Subtítulos;
  • Palavras de transição;
  • Entre outras.

Melhores plugins de SEO

Para que fique mais fácil a construção dos textos, busque por plugins específicos. Dentre eles, podemos citar:

SEO para jornalistas

Yoast SEO

O mais conhecido dentre todos, ajuda suas páginas a chegarem nas primeiras posições no Google. Dentre as funcionalidades principais estão: otimização, análise de página e sitemap XML.

Rank Math

Gratuito e com variados recursos, o Rank Math te ajuda no SEO On-Page. Além disso é muito intuitivo e leve. Há dicas, avisos de erros e guias, análise de SEO baseado em algumas dezenas de fatores e etc.

All in One SEO Pack

Traduzido para mais de 50 idiomas, este plugin é perfeito para quem usa Wordpress. Conta com suporte para o Google Analytics e, conforme vai usando, experimenta recursos cada vez mais avançados.

Google XML Sitemaps

Para indexar seu site com facilidade, use o Google XML Sitemaps. E ele vale para o maior buscador de todos, mas também para seus concorrentes. As configuração são fáceis e o próprio plugin faz alterações de index quando se tem novas postagens! Não é demais?

Como funciona o SEO para jornalistas?

Podemos listar diversas dicas de como funciona o SEO para jornalistas. Mas vamos nos atentar em 3 que são as mais pertinentes.

  • Precisa de bom planejamento: assim como em qualquer área, o planejamento é a alma do negócio. De nada adianta sair escrevendo, sem ter conhecimento de seu público ou de qual site usará. Entenda sua periodicidade, o número de palavras por texto e o assunto em questão.
  • Conhecer o Google: conteúdos completos. É disso que o Google precisa. Portanto, faz uma varredura para entregar ao leitor o que há de melhor na internet. Se verificar que as informações são ruins,  o jornalista pode se focar em escrever algo relevante e se destacar.
  • Entenda o número de palavras por texto: se tem um portal de notícias urgentes, esqueças as 2500 palavras. Foque-se em um mínimo de 300 e está tudo certo!

Um dos grandes exemplos de portais de entretenimento e notícias é o TeleNoticias, recomendo visitá-lo

Quais são as vantagens do SEO para jornalistas?

Logo depois de entender como funciona, vamos verificar as principais vantagens do SEO.

Maior visibilidade

Seu portal precisa de alguns parâmetros para melhorar a visibilidade. E a vantagem disso é que são trabalhos simples e que se tornarão cada vez mais naturais. Foque-se, portanto, em:

  • Um conteúdo rico e completo;
  • Uma URL que seja amigável e faça sentido como tema;
  • Que tenha um layout responsivo, ou seja, que rode bem tanto num smartphone quanto em um PC;
  • Conheça os gostos e hábitos do leitor.

Com isso em mãos, é certo que seguirá na frente da concorrência!

Maior tráfego orgânico

O tráfego orgânico é uma das principais vertentes de uma boa otimização. Tudo porque a economia é certa e, ao mesmo tempo, diferente dos anúncios pagos, existe escalabilidade.

Seu site terá relevância ao longo do tempo, os resultados não tem prazo de validade e, enfim, a relação com seus leads e clientes irá se fortalecer.

Aumento da monetização

Com a otimização, é possível aumentar os lucros. Isso porque, como dissemos antes, o prazo de validade é indeterminado. Além disso, você tem a possibilidade de inserir anúncio do Google Ads, que são pouco intrusivos e tendem a manter a fluidez da leitura.

E, conforme sua autoridade se amplia, novas marcas entrarão em contato. Isso trará lucros e benefícios.

Maior autoridade

Com as melhorias dos mecanismos de busca, surgiu a questão da autoridade. Então, ela se refere a uma métrica específica para os chamados fatores off page. Tais como:

  • 'Nascimento' do domínio;
  • Confiabilidade do site;
  • Backlinks de bons sites;
  • Boa interação com Inbound Links;
  • Vários links como 'apoio';
  • Backlinks em sites com pouca autoridade (isso é prejudicial);
  • Distribuição de conteúdo.

Como fazer SEO para portais de jornalismo?

Os portais de notícias devem se focar em determinadas questões para ranquearem bem. E se a disputa é forte, pontue seus esforços e:

Invista em SEO técnico

Dentre os principais conceitos de SEO Técnico temos:

  • Conexão segura;
  • Design responsivo;
  • Tempo de carregamento rápido.

Quando bem estruturado, o SEO técnico garante que tenha boa autoridade. Isso aumenta as chances de seus links chegarem no topo, pois a segurança e a estrutura estarão dentro das expectativas dos mecanismos de busca.

Faça a pesquisa de palavras-chave

Uma das prioridades dos mecanismos de busca é informar o público. Portanto, fazer algo relevante e que instrua o leitor é o caminho! Tire todas as dúvidas e anseios do visitante, pesquisando por palavras chave. Ferramentas como o SEMrush e o Ubersuggest mostram a você as mais populares e, a partir disso, você monta seu texto.

Os links internos (e de sites com boa autenticação) irão deixar o tema mais completo. Então, se escrever sobre cinema, use o Omelete, o Adoro Cinema e outros! Ter especialistas no assunto para serem suas fontes também vale a pena!

Capriche no conteúdo

Para que seu conteúdo tenha qualidade, bem como, relevância, capriche nas descrições. Além disso, uma boa dose de pesquisa é fundamental! Por isso, siga o passo a passo abaixo para não errar!

Faça SEO On-page

Todas as otimizações feitas dentro da página são conhecidas como SEO On-Page. A princípio, podemos frisar o título da página que deve ser condizente com o resto do texto e a meta descrição, que é a 'chamada' que aparecerá no Google, quando alguém buscar um tema.

Ao mesmo tempo, o URL da página e as imagens devem ser referenciadas com as palavras chave. E, enfim, os subtítulos, especificados como <h1>, <h2>, <h3>, <h4>, <h5> e <h6>.

Faça linkagem interna

Primeiramente, com a linkagem interna, o Google nota que há variação de conteúdo dentro do portal. Mas os leitores podem ficam numa espécie de looping, acessando novas páginas e permanecendo ali por mais tempo. Vale lembrar que há um termo no Analytics chamado 'Tempo médio na página' e ele não pode ser tirado de contexto nunca.

Busque oportunidades de linkbuilding

O linkbuilding nada mais é do que ter links de seu site em outros portais relevantes. Portanto, a autoridade, o posicionamento e o tráfego aumentarão. Tente fazer parcerias e construir possibilidades para que isso aconteça. Na internet, assim como no dia a dia offline, o networking é fundamental!

Recomendações de SEO avançado para jornalistas

Agora que já entendemos o básico, que tal irmos para algo mais avançado. Conforme as coisas avançam, o SEO para jornalistas pode ser visualizado das seguintes maneiras:

Tenha um site com AMP validado

AMP ou Accelerated Mobile Pages (páginas aceleradas para dispositivos móveis). Sim meus amigos, os mecanismos de busca também olham a velocidade de carregamento da página. E ela é dividida em três tipos, que são:

  • AMP HTML: iremos além do HTML conhecido pela maioria. Mesmo assim, várias tags são convencionas e outras serão substituídas pelas AMPs;
  • AMP JS: esta é específica para deixar a renderização das páginas mais dinâmicas. É uma espécie de divisão entre os documentos internos e externos de cada link;
  • Google AMP Cache: este você pode usar ou não. Para quem escolher a opção, terá um armazenamento das páginas em servidores do Google. Melhorando o desempenho geral.
  • Foque em conseguir Featured snippets

Os featured snippets são aqueles conteúdos apresentados no Google, onde o usuário nem precisa entrar no site. Ou seja, por lá mesmo consegue-se a resposta para determinadas dúvidas. Em geral, os portais e sites utilizam para mostrar tabelas, letras de músicas e outros detalhes.

Para chegar até lá, trabalhe em textos que deem respostas claras para certas perguntas. Além disso, alguns tutoriais também podem levá-lo à chamada 'posição zero'.

Sempre considere o Google Discover

Você conhece esta ferramenta? Se a resposta foi 'não', então nós explicaremos. A princípio, o Google Discover é aquela ferramenta presente nos smartphones, que mostram conteúdos variados. Mas tudo isso tem a ver com seus interesses e buscas.

Para que tenha seus conteúdos presentes por lá, siga os seguintes padrões:

  • Primeiramente, otimize o site para smartphones;
  • Em seguida, insira imagens em alta qualidade;
  • Bem como, siga as políticas do Google ao pé da letra;
  • Enfim, equilibre conteúdos que com temas atuais e, ao mesmo tempo, linke-os com palavras chave recorrentes.

Conclusão

A conclusão que chegamos é que, o SEO para jornalistas deve ser feito pensando a médio e longo prazo. Mas, apesar disso, é correto dizer que quando os números se elevarem, terá ganhos massivos. Mantenha-se sempre atento e estudando sobre as novidades do mercado, para não ficar atrás da concorrência.

Lucas Ferraz

Lucas Ferraz

Especialista em SEO, aumento de tráfego e geração leads com mais de 310 campanhas no portfólio. Certificado pela Blue Array Academy e pela SEMRush.

Outros artigos