Google E-A-T: o que é e como impacta o SEO

Google E-A-T: o que é e como impacta o SEO

  • Junho de 2021
  • Lucas Ferraz
Google E-A-T: o que é e como impacta o SEO

Google E-A-T: o que é e como impacta o SEO

A sigla E-A-T do Google quer dizer “Expertise, Authoritativeness and Trust” (Expertise, autoridade e confiabilidade) e esta concepção é usada como um fator de ranqueamento no SEO.


Mesmo que o E-A-T não seja comprovadamente um fator de ranqueamento orgânico, agregá-lo às suas estratégias de SEO é vista como uma boa prática.

O que é E-A-T para o Google?

A sigla E-A-T do Google significa “Expertise, Authoritativeness and Trust”, em português “Expertise, autoridade e confiabilidade”.

De acordo com o documento Quality Raters' Guidelines do Google, uma página relevante deve possuir um EAT superior, como:

  • Conteúdo profundo, relevante e de qualidade;
  • Reputação online do site, das páginas e dos autores do conteúdo;
  • Sem uso de clickbaits em títulos.

Como funciona o E-A-T na prática?

Entenda cada ponto do E-A-T como um fator de ranqueamento.

1. Expertise

A expertise está associada a profundidade dos assuntos que o site aborda, assim como as informações de biografia dos autores e as informações dispostas no texto da página “Quem Somos”.

Por exemplo, o ideal é que artigos a respeito de saúde sejam escritos por um médico ou formado na área, assim como artigos sobre marketing devam ser redigidos por especialistas ou profissionais qualificados.

2. Autoridade

A autoridade simboliza a relevância da página para o Google, sendo considerada a UX (experiência do usuário), a velocidade de carregamento da página de acordo com o Core Web Vitas e a quantidade de backlinks contextuais e relevantes que a página recebe.

Além disto, o EAT considera o tempo de permanência do usuário na página, assim como a taxa de rejeição.

3. Confiabilidade

A confiança de uma página de acordo com o Google EAT está diretamente ligada à segurança do site e outras boas práticas, como:

  • Nenhum link quebrado;
  • Sem erros de gramática;
  • Layout responsivo;
  • Certificado de segurança (HTTPS).

Como o Google EAT impacta páginas YMYL?

As páginas YMYL (“Your Money Your Life”), em português “Seu Dinheiro ou Sua Vida” são caracterizadas pelo conteúdo relacionado a felicidade, finanças, saúde e segurança dos usuários.

Quando o EAT entrou como fator de ranqueamento, as páginas YMYL sofreram um grande impacto, assim como ocorre sempre que este recurso sofre atualização.

O objetivo do Google com esta atualização foi tornar as informações mais seguras e precisas para os usuários, evitando posicionar páginas não confiáveis nas primeiras posições do seu mecanismo de buscas.

Como melhorar o E-A-T para fortalecer o SEO no Google?

Entenda como melhorar seu nível de EAT para conseguir resultados melhores no SEO para o Google.

1. Produza conteúdos de alta qualidade

Produza conteúdos de alta qualidade e relevância para o seu usuário, com informações atualizadas, concisas e com um tamanho adequado.

Além disso, os seus conteúdos e artigos devem cumprir com o objetivo do usuário, de modo transmitir as informações prontamente, com subtítulos condizentes com o bloco de texto que o segue.

Evite a qualquer custo os links quebrados nas suas páginas, assim como os erros gramaticais.

2. Transmita confiabilidade

No que tange a confiabilidade, considere:

  • Evitar usar títulos enganosos para atrair tráfego;
  • Evitar usar títulos sem relação com o conteúdo abordado;
  • Conseguir atualizações verdadeiras no Google Meu Negócio, na página do Facebook e no perfil do Yelp.
  • Responder todas as avaliações recebidas, principalmente as negativas;
  • Utilizar um certificado SSL;
  • Possuir um site responsivo.

3. Seja um perito na sua área de atuação

Não basta ser um especialista, o ideal é que você seja uma autoridade na sua área de atuação e vincule a sua reputação aos seus conteúdos de modo a credibilizar as informações transmitidas.

Uma forma de implementar isto é inserindo o nome do autor antes ou no final da publicação, transmitindo mais segurança para a sua persona.

4. Seja um membro ativo da sua comunidade

Entenda e esteja presente nos canais de comunicação da sua comunidade, seja em grupos, fóruns ou outros meios.

Contribua com informações úteis e precisas de modo a fortalecer a sua perícia no assunto.

5. Tenha um perfil de backlinks superior à concorrência

Faça uma análise do perfil de backlinks da sua concorrência e construa backlinks melhores e mais fortes.

Você pode começar pelos backlinks contextuais, em sites do mesmo segmento, ou escrever para portais de notícias de modo a levar mais informações a respeito da sua área para o público em geral.

6. Consiga menções ou tenha uma página no Wikipédia

De acordo com o QRG do Google, o Wikipédia é um site confiável, além disto, é muito difícil conseguir uma menção no site, visto que os artigos passam por revisões regulares pela comunidade que o mantém.

Mesmo que os backlinks do Wikipédia sejam nofollow, o Google considera os links em sites de autoridade, assim como as menções sem link.

7. Tome cuidado com os links externos do seu site

Assim como o Google monitora e analisa os links que o seu site recebe, ele atua da mesma forma nos links externos do seu site.

Por isso, cuidado com os links externos das suas páginas, evite colocar links para sites com pouco ou nenhum EAT.

8. Receba sinais sociais com regularidade

Os sinais sociais são uma prova que a sua marca é relevante no contexto social em que atua, independente do nicho.

Os sinais sociais mais importantes atualmente para o SEO são:

  1. Quantidade de tweets e retweets no Twitter;
  2. Popularidade (quantidade de seguidores) das pessoas que mencionam seu site ou sua marca no Twitter;
  3. Quantidade de compartilhamentos no Facebook;
  4. Quantidade de menções no Reddit, StumbleUpon e Tumblr;
  5. Quantidade de Pins no Pinterest;
  6. Quantidade de menções no LinkedIn.

Conclusão

Espero que você tenha entendido a importância do E-A-T para o SEO e como ele afeta o desempenho do seu site no Google.

É fundamental que todos os sites considerem o E-A-T em suas estratégias, principalmente os websites pertencentes a categoria YMYL.

  • Compartilhe
Lucas Ferraz

Lucas Ferraz

Especialista em SEO, aumento de tráfego e geração leads.
Certificado pela Blue Array Academy e pela SEMRush.

Outros artigos

Facebook: guia completo

Facebook: guia completo

Saiba o que é o Facebook, os recursos da plataforma, como criar um perfil, como criar uma fan page e como conseguir engajamento para tornar sua marca relevante...

Ler artigo